Lia-Chan











{July 17, 2016}   Postagem semanal – Semana de 17/07/2016 a 23/07/2016
Olá Lindinhos e Lindinhas….
 
Como estão??? Passaram bem a semana???
 
Gostaria de saber se estão gostando dos mangas que escolhi para julho, tentei diversificar nos estilos para, tentar agradar ao gosto de todos, sei que é difícil afinal, os gostos aqui são bem variados….
 
Eu tenho 4 indicadores, os Blogs do Blogspot ( Lia traps e o Lia chan ), O blog do Sapo e do WordPress e o Issuu, Sei, vocês vão falar que ai são 5, mas falei de indicadores.
 
Gosto não se discute, assim como política, religião e futebol. Mas baseado nesses indicadores, tento ir colocando os mangas e hentais.
 
Esse ano, em fevereiro fez 4 anos que estou nessa e agora em Setembro, quatro anos que os Lia-Chan está no ar nas 3 plataformas, assim sendo tenho muito que comemorar….
 
Mas esse não é um editorial para falar nisso, vou deixar isso para setembro, se eu estiver viva até lá, é claro….
 
Essa semana, como sempre, baseado nos papos que tive, quero falar sobre FEMDOM. Sei que não sou expert nisso mas, um pouco sei….
 
Quando se fala em femdom, a primeira coisa que se vem na mente é S&M, agressões físicas, chibatas, humilhação e até mesmo feminilização forçada ( que para algumas pessoas é um tipo de humilhação ), A sissyficação, e a inversão também ( strap-on).
 
Sim, a maioria desses temas são abordados nos mangas, dando vasto material à imaginação.
 
Mas o que quero trazer aqui é algo mais real e plausível e que, apesar de não nos atentarmos, está no dia a dia e as vezes deixamos passar sem nos atentarmos direto.
 
A natureza feminina, tem, ou melhor dizendo é, dominatrix na sua maioria. Tirando a época de nossos avós, e anteriores a eles, onde a mulher, era, ou se fazia de submissa, podemos perceber a mudança radical das mulheres. Algumas ainda têm essa orientação, mas em sua maioria, a chamada independência feminina, abriu novos caminhos deixando vir a tona essa parte de dominação. As vezes, aquela mulher ( independente da idade ) faz da submissão uma forma controladora e dominante em qualquer relacionamento.
 
Uma amiga psicóloga, diz que a mulher impõe a sua dominação nos filhos, refletindo neles, por vezes frustrações emocionais ou tendenciosamente, expondo a sua real natureza. Conhece aquela frase, “ Bate e assopra “, a mulher faz exatamente isso.
 
A dominação psicológica, imposta por uma mulher é a mais perigosa e dolorida para o homem, ( esse sim, apesar de não aceitar é o sexo frágil ).
 
Temos vários exemplos disso no dia a dia nosso, e que passa-se despercebido.
 
O homem, as vezes procura a mulher para sexo e essa, por indisposição, nega, não quer, já o homem raramente diz não, por várias razões.  Ou seja, quem domina a situação é a mulher.
 
Conhecem a frase que diz, quem desdém quer comprar, a mulher quando sabe que um homem a quer, as vezes, não dá atenção e, parece que isso acaba atraindo mais o homem, outra forma de dominação.
 
O trejeito dissimulado, de fragilidade, quase como se estivesse pedindo por proteção, é outra forma de dominação.
 
Existem tantas outras situações no dia a dia, que demonstram essas situações e que, muitos aqui, acabarão concordando comigo.
 
Sapiente disso, alguns homens, se dizem dominadores, e, classificando-se assim, buscam em passivos exporem seus atos de Macho alpha, porem, acabam confundindo a dominação com agressão, não chegando nem aos pés da dominação feminina, mas sutil. Os relatos de dominação que as vezes encontramos, beira mais ao sadismo que outra coisa e a postura de dominado ao masoquismo, que são coisas semelhantes mas completamente diferentes. Não existem palavras chaves, as marcas são mais psicológicas que físicas e não há Necessidade de passividade, deixar-se dominar, faz muitas dominatrix perder o interesse, passando a busca de novos “ slaves”.
 
Cada um que ler isso, terá uma opinião, alguns já as têm formada, outros nem tanto e começarão a ter ideias, buscando situações do seu cotidiano. Alguns agora, estarão pensando que não falei sobre os travestis, esses incorporaram a feminilidade e muitos agem como dommes da mesma forma que as mulheres. Mais fácil achar um sub homo passivo ou CD do que um travesti. A imposição negativa feita pela sociedade acaba fazendo deles, dominantes no que fazem.
 
Beijos enormes…..e tenham uma ótima semana
 
Liane Ferraz –  Lia-chan


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

et cetera
%d bloggers like this: